MOVEMBER, o clichê do bem

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em todo o mundo, o novembro ficou conhecido como azul para usar o clichê da cor masculina à favor da conscientização do autocuidado do homem e da prevenção dessa doença. Movember, por fim, foi o movimento nascido na Austrália para reforçar ainda mais o clichê do moustache (bigode em inglês) às campanhas dessa época.

Apresentações feitas, e clichês devidamente identificados, a Hendrik entra na bagunça popular porque vale a pena. Autocuidado é importante e - clichê ou não clichê - conscientizar-se sobre a saúde masculina também.

Para o câncer de próstata, os exames de sangue e o famigerado-porém-necessário toque retal são as ações mais conhecidas dos homens. Agora, cá entre nós, o que você faz de fato no dia a dia para conhecer seu próprio corpo? Seus limites, diferenças, nuances e alterações?

Junto com a B. Tech, começamos com um passinho, pequeno e gigante, sobre como prestar atenção no nosso rosto, no nosso cabelo, na nossa barba… em tudo aquilo que está óbvio. Baixem o app deles e vejam o post que eles fizeram aqui. Mas, acima de tudo, guardem um tempinho para vocês. Pouco a pouco, a gente vai ganhando consciência do nosso corpo, que é o motivo todo desse mês azul e bigodudo.